Agridoce

Opinião com um gosto agridoce.

Posts Tagged ‘Catraca Livre’

O Segredo de Lindonéia – Uma dança de Camila Venturelli

Posted by Andrea Fu em 03/12/2015

flyer-segredo1Baseada na obra “A Bela Lindonéia ou Gioconda do Suburbio”, de Rubens Gerchman, O Segredo de Lindonéia é a releitura em dança. Partiu do desejo de reescrever através do corpo e descobrir “quem é esse rosto que me olha, ao mesmo tempo em que me reflete?”.

Dança “escrita” por Camila Venturelli, que explica no blog O Segredo de Lindonéia a utilização do livro de receitas da tataravó em que o afeto e a farinha desencadeiam a grafia do corpo da mulher junto com o açúcar e os ovos “o quanto adoce e o quanto baste” Leia o resto deste artigo »

Posted in Atividades, Cultura, Teatro | Com as etiquetas : , , , | Leave a Comment »

Férias em Florianópolis – Dia 06 de 08 – Enquanto chove, vamos discutir Cultura.

Posted by Andrea Fu em 26/11/2015

desenhodeculturaCheguei em Florianópolis um dia depois de um momento importante para a cidade de São José, na Grande Florianópolis. Aconteceu, em 20 de novembro, o primeiro Sarau Boca da Bernunça, promovido pela Casa da Cultura Nésia Melo da Silveira e Fundação Municipal de Cultura e organizado por Luana Mendonça.

O Agridoce conversou com a Luana, anfitriã das minhas férias e expoente cultural da cidade de São José, durante um dia nublado e chuvoso, aqueles dias que não dá pra fazer muita coisa. Pedi que me contasse sobre o sarau e sobre o que esperavam com ele. Leia o resto deste artigo »

Posted in Atividades, Cultura, Política, Teatro | Com as etiquetas : , , , , , , | Leave a Comment »

Museus de graça em SP

Posted by Andrea Fu em 14/12/2009

Há quem diga que coisa velha é no museu. Eu digo que coisa velha, coisa nova, coisa sábia, coisa bonita, coisa feia e todo tipo de coisa pode estar em museu. Não é a toa que São Paulo, maior cidade metropolitana brasileira, possui mais de 110 museus de todos os tipos de “coisas”: da arte sacra, arte moderna, ciência e tecnologia, curiosidades, invenções e história, segundo o site SP 360º.

Para quem mora em São Paulo é muito fácil ir a qualquer um destes museus. O preço sempre é bem acessível e, para chamar a atenção, as exposições mudam constantemente. Mas há aquelas pessoas que não podem ou não querem gastar dinheiro com exposições. Os museus de São Paulo têm a solução: pelo menos uma vez por mês possui visitas gratuitas para qualquer exposição. Leia o resto deste artigo »

Posted in Atividades, Cultura, Educação | Com as etiquetas : , , , , , , , , , , , | 4 Comments »

Perco as horas com Frankenstein

Posted by Andrea Fu em 07/10/2009

frankenstein

Os livros sempre me trouxeram aquele momento de viagem e imaginação. Claro que pode parecer clichê, mas eles realmente nos levam a outro mundo, nossa mente transcende para os lugares mais diversos e imaginam as situações mais emocionantes como as alegrias de um final feliz ou o desespero de um herói machucado ou a tristeza da solidão e do sentimento de culpa de algum personagem. Acabei descobrindo este mundo quando criança e, mais ainda, mergulhei em muitos cenários e tentei passar este hábito para amigos, filhos de amigos e parentes.

Apesar do gosto pela leitura, há pouco comecei a ler os clássicos de terror que só via em filmes ou histórias genéricas, mas nunca tinha lido sua origem. Frankenstein, de Mary Shelley, foi a que mais me impressionou, pois o retrato que temos do monstro de Frankenstein não é o que o livro realmente mostra. Para quem não conhece, este livro foi escrito a fim de apresentar textos horripilantes para Lord Byron.

As imagens se formavam em minha cabeça e cada capítulo era uma surpresa. Não imaginava (e quem não leu, não imagina) que Frankenstein fez um monstro que não era tão monstro assim. O cientista se arrependia de ter criado o monstro e atribuía a si a culpa pela morte de seu irmão mais novo, acreditando que o monstro o tivera assassinado. O monstro, carente de esclarecimentos, resolveu contar toda a sua história, desde o dia que fugiu, passando pelas aflições passadas ao longo do tempo e chegando até seu criador. O que me prendia mais e mais ao texto era sua inteligência. Ele descrevia seu aprendizado com as palavras, as relações humanas, o medo das pessoas por ele e dele pelas pessoas, sua ansiedade de retribuir o que secretamente ganhava quando se escondia na casa de pessoas comuns, entre outras coisas.

Para mim, o monstro deixou de ser monstro e Frankenstein deixou de ser cientista louco. Desde que terminei o livro, percebi porque os clássicos são clássicos e porque é muito bom ler. Eu fui para outro cenário, imaginei monstros, heróis e angustias. O próximo será Drácula. Para os outros, boa leitura.

Este texto foi escrito para o site Catraca Livre como parte do concurso Catraca Livro, com tema “Que livro que você leu que o fez perder as horas? E porque?” que dará um vale compras da Livraria Cultura de R$50, como prêmio para os 05 melhores textos. Para mais informações sobre o concurso, entre em Catraca Livre.

Posted in Cultura, Literatura, Promoção | Com as etiquetas : , , , , , , , | 8 Comments »

Desejo e Perigo, de Ang Lee

Posted by Andrea Fu em 14/07/2009

desejo_e_perigo_foto2

Quando eu digo que dá pra aproveitar as promoções culturais que esta cidade oferece, de graça, ou a preço de pãozinho com o IPI reduzido, ninguém acredita. A maior cidade do Brasil apresenta um acervo cultural muito maior do que seus moradores imaginam e o blog Catraca Livre faz questão de divulgar tudo que seja mais barato ou até mesmo “catraca livre” para aumentar o incentivo cultural de uma cidade tão rica. Assim, eu como leitora assídua do blog, resolvi participar da promoção HSBC Belas Artes a R$2. E, pela segunda vez, entrei na lista dos 100 primeiros a se inscreverem para a promoção. Na terça feira passada, assisti Desejo e Perigo, filme de produção e direção chinesa, que foi muito mal visto pelos chineses, e até proibido na China, mas que ganhou o prêmio Leão de Ouro de melhor filme no 64º Festival de Veneza. O diretor Ang Lee, taiwanês, dirigiu dois grandes filmes de sucesso: O segredo de Brokeback Montain e O Tigre e o Dragão, e fez sucesso com Desejo e Perigo também.

O site mostra fotos, trailers e fala sobre o filme e sua produção. Quando comprei os ingressos, estava somente interessada em algum filme que eu pudesse assistir naquele horário. Uma senhora de certa idade, no banheiro do HSBC Belas Artes, começa a conversar comigo:

“- Que filme você assistiu?

– Eu ainda não assisti, mas vou ver Caramelo ou Desejo e Perigo

– Ahhh, Caramelo é maravilhoso, mas, comparando os dois, é simplesmente bonitinho. Desejo e Perigo é divino, mostra cenas picantes e foi muito bem produzido. Para quem gosta de cenas picantes, vai adorar, além de toda a história”

Depois de mais alguns minutos de conversa, ela se despede recomendando que eu assista Estela que está passando em algum SESC. Resolvi procurar cartazes sobre os dois filmes para decidir qual ver, já que os dois eram no mesmo horário. Claro que escolhi Desejo e Perigo.

O filme é mais do que picante. As cenas de sexo, quase explicito, dão certa angústia, mas aumenta a curiosidade e o calor do filme. Mostram, até mesmo, diversas posições sexuais, mas nada pornográfico. Diria até, hipocritamente, suave e de bom gosto. Apesar disto, não li tantas críticas favoráveis a ele. Muitos acham o filme muito sem novidade e sem um enredo que prendesse a atenção, além das cenas de sexo. Confesso que discordo destes críticos, apesar deles saberem mais do que eu sobre isto. Mas o fato é que o filme todo me prendeu por ser uma história de alguém comum numa missão impossível.

O filme tem como cenário a Segunda Guerra Mundial, quando o Japão, para restabelecer a ordem da China, a ocupa e impõe uma ditadura.Desejo e Perigo quer mostrar os perigos de uma garota normal que se torna espiã para seduzir e matar o mais alto colaborador chinês. Sua missão é que ele se apaixone pelo seu coração. Um coração de uma garota normal. O problema é que ela se apaixona muito mais pelo coração dele. Mesmo sabendo como agir, e fazendo o que a Resistência lhe pede, ela receia pela morte de seu amor.

Simplesmente aconselho o filme. Muito mais sobre o filme no site. Termino com o trailer:

Esta terça, Gran Torino. Vamos?

Posted in Cinema, Cultura | Com as etiquetas : , , , , | Leave a Comment »

Catraca Livre

Posted by Andrea Fu em 07/03/2009

Mais um blog do WordPress? Claro que não. Catraca Livre nunca chegará aos pés deste péssimo blog que escrevo. Ele está acima disto… acima da cabeça.

Virou um dos meus sites favoritos ainda na época em que eu trabalhava no Planetário do Ibirapuera. O telefone tocava, pessoas se programavam para o fim de semana e eu sugeria: www.catracalivre.com.br.

A sugestão era sempre sincera e ficava feliz com a felicidade das donas de casa que queriam aproveitar seus filhos fazendo algo barato e legal.

Se nem tudo é gratuito neste site, tudo pode ser muito barato. Eventos acessíveis para qualquer pessoa, inclusive pra você que está sem grana pra tomar aquela cerveja com os amigos no bar da faculdade, mas que o troco do pão ainda está no bolso da calça e pode ser aproveitado para pegar o busão e ir ao teatro, ao show de música, museus ou até mesmo fazer um curso gratuito ou um cineminha baratinho!

Entre as milhares de dicas, Cursos no Dia Internacional da Mulher, no Museu da Língua Portuguesa (outra paixão minha). Cinema a R$2 reais, tem também.

O Site Catraca Livre é uma experiência de jornalismo comunitário para transformar a cidade numa constante experiência de aprendizado – e não só para uma elite, mas para todos.

Este é a proposta do blog. Mas além disto, mostra cultura e entretenimento numa cidade tão rica e, ao mesmo tempo, tão ignorante (literalmente). A riqueza desta cidade preenche o site com tantas possibilidades que não dá tempo de fazer tudo o que quer. Como a cidade não pára, o site renova-se constantemente. A dica é entrar no site pelo menos uma vez por semana para acompanhar o calendário e programar-se.

Boa programação para quem tiver a inteligência de usar este site e suas dicas.

Posted in Atividades, Cultura, Internet | Com as etiquetas : , , , | 1 Comment »

 
%d bloggers like this: